Música boa: Queremos!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

A história de fãs empolgados que se juntaram e conseguiram trazer bandas underground gringas para o Rio de Janeiro, em shows de tremer o chão. Quem frequenta o Circo Voador provavelmente já ouviu falar do Queremos! 

Até 2005, o cenário de shows de pequeno e médio porte no Rio de Janeiro era desanimador. Na maioria das vezes, as bandas de indie rock que vinham ao Brasil só chegavam até São Paulo, porque a Cidade Maravilhosa não “tinha” público, nem dava lucro. Mas, um belo dia, quando cinco amigos souberam que a banda sueca Miike Snow tocaria em Sampa por um cachê bem razoável, a única coisa que conseguiram pensar foi: 

Esquerda: Show do Miike Snow. 20/09/05
Direita: Arte feita pelo nosso Diretor de Criação, Marcelus Viana.

E se a gente fizer uma vaquinha entre amigos e pagar o custo da vinda deles, o Circo faz?

Esquerda: Twoo Door Cinema Club e Jimmy Eat World. 29/03/17
Direita: Cage The Elephant e Silversu Pickups

Diante daquela empolgação, o diretor artístico do Circo Voador, Alexandre Rossi, não teve como negar. Ficou combinado que eles seriam os promotores do show e ficariam com uma parte da bilheteria para minimizar o prejuízo. Mas os integrantes dessa empreitada venderam tão bem o peixe que todo mundo resolveu comprar a ideia. 

Cada vez que eu os apresentava a alguém que precisava ser convencido, era como compartilhar o som de uma banda que prometia ser grande. E revolucionária!

ALEXANDRE ROSSI

Esquerda: The Lumineers. 28/11/14
Direita: Nouvelle Vague 14/09/12

No dia do show, ao invés de um pôster da banda, o Segundo Caderno divulgou um mosaico com fotos de todas as pessoas que participaram dessa primeira campanha, e o Circo ficou lotado com 800 pagantes em plena segunda-feira. 

Esqueda: LCD Soundsystem 17/02/11
Direita: Jungle 14/05/15

Foi assim, despretensiosamente, que nasceu o movimento que viria a ser o Queremos!, uma plataforma de financiamento coletivo que junta o maior número possível de fãs de uma banda para alavancar shows que raramente aconteceriam em solos tupiniquins. 

Esquerda: Tame Impala. 16/08/12
Direita: The Chemical Brothers. 29/11/15

A partir daí, tudo mudou. Aquelas mesmas bandas indies que tocavam pra poucos gatos pingados lotavam, de uma hora pra outra, o Circo com uma plateia altamente envolvida.

ALEXANDRE ROSSI

Esquerda: Chet Faker. 19/03/15
Direita: The XX. 24/10/13

O Queremos! cresceu e se tornou internacional (We Demand). Já promoveu 150 shows e tem mais de 1,9 milhões de cadastros ao redor do mundo. Mas a filosofia continua a mesma: fazer um show de qualidade, de fã para fã, sempre tentando criar uma experiência perfeita. É por isso que eles distribuem pôsteres criados especialmente para cada evento, deixando todo mundo levar um pedacinho daquele momento pra casa.

Para saber mais sobre o projeto e se empolgar com os shows que ainda estão por vir, visite: http://www.queremos.com.br/.

Tags: Digital, Entrevista, Ilustração, Música

Voltar para o blog