Japa Fora da Caixa

Koni

Nós adotamos o Koni quando ele ainda era bem pequenininho, com apenas dois anos de vida e menos de doze lojas. Carioca legítima, a marca nasceu inventando moda no Leblon. Com o crescimento, o amadurecimento e mais de 100 restaurantes pelo país, identificamos a necessidade de rever o posicionamento do “Japa Fora da Caixa” no mercado brasileiro.

O trabalho começou com um mergulho nas raízes, nos valores e nos atributos desejados da marca. Essa dinâmica reuniu um grupo eclético de stakeholders do Koni, sob a liderança do consultor Tiago Guimarães, sócio da Fubá Projects. Revisitamos a arquitetura da marca e identificamos novas oportunidades nos seus diferentes modelos de negócio – loja com atendimento, loja sem atendimento, delivery e grab and go.

Ao consolidar o posicionamento do Koni, redesenhamos o brandbook com uma nova linguagem, preparando a marca para novos desafios. Nos inspiramos no essencialismo, um conceito que valoriza os elementos fundamentais para a comunicação, e estabelecemos filtros para guiar a identidade visual, como simplicidade, simetria e organização geométrica.

O essencialismo destaca elementos e recursos fundamentais para uma comunicação bem feita.

Durante o processo, identificamos também a necessidade de fazer uma releitura da logo para dar mais significado ao nome “Koni” e reduzir a associação com o produto temaki.

É sempre no conjunto e na consistência que as escolhas, ações e mensagens de uma marca podem construir valor e comunicar sua unicidade. Como disse o mestre Ricardo Guimarães, “branding é exercício de identidade”.

Voltar para o portfólio